01 agosto 2006

Entre a idéia e a oportunidade

Você já se decidiu, vai virar patrão. O dono do seu próprio negócio. Um empresário. Mas você já parou para analisar se você tem uma idéia ou uma oportunidade?
E qual a diferença entre idéia e oportunidade?
Idéias todos nós temos o tempo todo e oportunidades somente empreendedores as tem, ter uma idéia é quando você esta na rua, louco para tomar um sorvete, olha para todos os cantos, anda uma meia dúzias de quadras, procura, procura, então a idéia surge, “seria uma boa montar uma sorveteria nessa região, daria para ganhar muito dinheiro”. Isso é ter uma idéia, pois realmente quem montar uma sorveteria ali pode até ganhar dinheiro, mas também pode ser que ninguém naquela região tome sorvete, e tal sorveteria se torne um fracasso.
E oportunidade, é quando o empreendedor, vendo que algumas pessoas têm a tal idéia da sorveteria, sai à busca de informação, quando tal empreendedor fizer um estudo sobre o negócio, pesquisar local para as instalações, escolher fornecedores, analisar capital de investimento, prazo de retorno, fazer uma pesquisa com os potenciais consumidores sobre a aceitação do novo negócio, só então, e somente se ficar concluído a viabilidade de tal negócio é que a sorveteria naquela região é uma oportunidade.
Muitas das pessoas que iniciam suas atividades de patrão as fazem, pois tem uma idéia, e lá na frente percebem que mesmo que seu negócio tenha certo movimento ele é inviável, às vezes porque os lucros são muito pequenos, às vezes porque a rotina não é como se esperava, por diversas razões um negócio pode ser inviável e a tal idéia maravilhosa ir pro ralo.
Nem todas as grandes idéias são boas oportunidades de negócio, às vezes a idéia é realmente boa porém ela só será uma boa idéia daqui a alguns anos. E para ser um patrão de sucesso, é necessário que você saiba reconhecer quando sua idéia pode vir a se tornar uma oportunidade, ou até mesmo se ela nunca será uma boa oportunidade e aí partir em busca de outras idéias e estudá-las, e quem sabe uma dessas novas idéias não se torne uma nova oportunidade.

3 comentários:

Crô disse...

Boa tarde, Marcio.
Estou acompanhando seus artigos e tenho interesse pelo assunto.

Achei bacana esse último post, apenas gostaria de acrescentar as limitações que encontramos freqüentemente.
Já tive algumas idéias que poderiam se tornar grandes negócios, dependendo das variáveis local, tempo e capital.

É justamente essa combinação que dificulta o início do planejamento. A idéia pode ser brilhante, sobre uma necessidade clara, no local propício, porém sem capital suficiente nem opções de crédito.
Ou então com tudo conspirando a favor, exceto pela pressa em gerar receita porque as contas pessoais e da família estão vencendo.

Enfim, acredito que essa seja uma dificuldade comum, e responsável pelo atropelo de etapas por parte de vários empreendedores.

Marcio Nobrega disse...

Ola dona Crô, é por esses fatores que a elaboração de um plano de negócios é fundamental, para saber exatamente quanto irá se gastar com a implantação e sustentação inicial da empresa, para facilitar a aquisição de credito a fim complementar seu capital, e também para que voce possa visualizar se sua empresa terá como te pagar o salario que voce pretende receber. Esse é um tema interressante, daria pra discutir isso em varios artigos, em breve estarei elaborando um artigo especial sobre isso. Continue participando e obrigado pela colaboração.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar peço sinceras desculpas se minhas palavras ofenderem ou não servirem para engrandecer o trabalho de vocês pois em minha primeira visita eu já estou criticando,o conteúdo é muito bom e se pudessem modificar um pouco a apresentação do site tenho certeza que fariam um bem enorme para os leitores.mais uma vez peço desculpas pela crítica.