11 outubro 2006

Ser empresário

Eu sou empreendedor, eu nasci empreendedor, fui criado para ser empreendedor, minha família toda é empreendedora. Temos o empreendedorismo no sangue e na cultura familiar.
E aos 18 anos quando iniciei o meu primeiro negócio percebi que eu não tinha conhecimento nenhum sobre “ser empresário”. Naquela época já estava completamente preparado para ser empreendedor, mas ainda não sabia absolutamente nada do que era preciso para ser um empresário. Resultado, em seis meses engrossei a lista de empresas falidas antes do 1º ano.
Alguns definem empresários somente como sendo o dono da empresa, o cara que tem o seu nome na razão social, em parte estão certos. Mas tendo em vista que a maioria define empreendedor como aquele que tem, de forma natural ou por aprendizagem, uma serie de características comportamentais, eu defino o empresário como aquele que tem, de forma natural ou por aprendizagem, uma serie de conhecimento adquirido.
No mundo dos negócios há uma vasta lista de informações a serem analisadas diariamente, algumas se traduzem em números e outras em emoções, saber absorver as informações numéricas e mesclá-las com as emotivas é um conhecimento inerente aos empresários.
Para ser empresário é preciso conhecer um pouco de administração, economia, recursos humanos, sociologia, matemática, e é claro que também é necessário ser um pouco eletricista, encanador, pedreiro, pintor.
O empreendedor tem o comportamento, o empresário o conhecimento.
E para ser patrão, é importante que o seu “ser empreendedor e o “ser empresário” sejam um só.

Um comentário:

Roberto Machado disse...

Um pouco de filósofo também ajuda vez ou outra. ;)